domingo, 3 de agosto de 2008

Queda Livre

Sozinho...

Sozinho.......

Sozinho.............

É o meu estado de espírito neste momento, nada a que eu já não esteja habituado… Desde miúdo sempre fui um solitário, sozinho na escola, perdido no meu mundo, mais tarde cresci e continuei um jovem independente, sem muitos amigos, sem grandes vínculos com a família, preferindo trabalhar sozinho e fazendo as coisas á minha maneira… Não acho que seja defeito, apenas feitio…
No entanto desta vez foi diferente, saltei sem pára-quedas, sem reservas e deixei-me ir, entreguei-me como nunca o fizera, levado por palavras e promessas que não podiam ser cumpridas… A queda foi vertiginosa, curta, rápida, fria e inexplicável. De um momento para o outro, todos os mecanismos de segurança falharam… eu, já demasiado alto nada pude fazer até me estatelar ao comprido… sozinhocomo sempre
Tu olhavas-me de lá de cima, em todo um turbilhão de dúvidas, emoções, pensamentos e questões para os quais nunca terás resposta, e simplesmente deixaste-me ir… sem me dares uma mão, sem a mesma mão que eu te dei incondicionalmente…
Apenas guardo rancor a mim por ser demasiado ingénuo, tu, ficarás apenas encerrado em mais um capítulo da minha vida, atipicamente curto e que com sorte, será esquecido e apagado pelo tempo, pelo menos assim escolhi tentar… Agora olho para trás e vejo o que cresci, o que arrisquei, o que sacrifiquei e o que abdiquei, por nada…
Uma pessoa importante que me abandona porque assim entende, outra que me abandona porque a vida não está fácil e tem de iniciar a sua em outro país. Duas partidas muito distintas, mas que me deixaram o espírito um pouco mais vazio e mirrado… talvez venha o dia que só oiça o eco da minha voz…
“Nunca estarás só acredita! O mundo pode ruir, o chão desabar, mas nunca estarás só! Nunca!”
“Tu és mesmo assim A****, sempre sozinho até ao fim, e vais acabar sozinho…”
Estas são duas frases que me foram ditas por pessoas diferentes em contextos diferentes. A primeira, transmitiu-me uma sensação óptima de apoio, mas não foi cumprida e cairá no esquecimento, não tinha significado…
A segunda, essa, fez-me pensar quando a ouvi, e a cada oportunidade flui-me ao pensamento… é algo que eu já sabia, que me confirmaram e que me lembrarei sempre até ao dia em que morrer…sozinho.
As pessoas olham e vêem alguém forte, independente e que parece não precisar de apoio, mas isso é por estar assente em determinados pilares, quando esses pilares caiem, vem o pior de mim á superfície… uma pessoa pequenina e…… fraca…. que continua a lutar para parecer forte e apenas parece solitário… embora queira tudo menos isso…

Bem desengane-se quem pensa que eu só gosto de X-Men, também sou vidrado em desenhos animados japoneses. E eis a minha personagem de anime preferida… Mai Valentine! Em muitos aspectos, somos infelizmente muito parecidos e esta musica que me deprime, assenta-nos como uma luva, principalmente agora…



Agora para terminar o que começei há dois "posts" atras quando já previa isto:

"What it meant to me will eventually
Be a memory
Of a time when I

I tried so hard
And got so far
But in the end,
It doesn't even matter
I had to fall
To lose it all
But in the end
It doesn't even matter"

Mas sou teimoso, não vou desistir de ser feliz…

18 comentários:

Anónimo disse...

Pois, infelizmente também é este o quadro que tenho de ti… Solitário.
E sabes que mais, eu sei porque és assim. Porque tens um dom. Consegues olhar para as pessoas e vê-las verdadeiramente como elas são, consegues perceber quando as coisas estão mal e saber como determinada pessoa é verdadeiramente. E isso assusta… Há certas partes obscuras de cada um que não queremos mostrar, mas tu entras sem convite, apercebes-te, e embora não o digas, nós sabemos que tu sabes…. Podes não saber concretamente, mas sentimo-nos desarmados perante ti… não conseguimos colocar a mascara que usamos no dia a dia… e pior que isso, muitas vezes por muito que tentemos, tu tiras a nossa mascara descaradamente e nós não conseguimos tirar a tua se é que a tens, pois se tens, está muito bem escondida…
Infelizmente vivemos num mundo que não esta preparado para que saibam tudo sobre nós só por um olhar, um gesto ou uma palavra… Isso afasta-me, afastou-o, e afastará muita gente… Pelo menos até encontrares alguém como tu, especial, estarás sozinho e serás o rapaz solitário que os teus amigos e eu tão bem conhecemos.
Isto é um blog, não me vou identificar embora quando me olhares saberás que fui eu que escrevi… entretanto não sou quem pensas ser… tenta ser feliz, é o que te desejo…

ψ Psimento ψ disse...

Pois, não sei quem serás anonimo, mas definitivamente sei quem não és...

pinguim disse...

Respondi ao teu comentário no meu blog, antes de vir aqui, e agora entendo melhor o seu teor.
Retenho algo do reu texto e reli o texto passado, e vejo coisas muito positivas, apesar da situação em si própria, não ser de festa; em qualquer relacionamento, longo ou curto, aprende-se sempre algo, sobre os outros e principalmente sobre nós próprios e isso dá-nos força e uma "couraça" para situações futuras; dizes que deste tudo, e acredito que sim, mas dar tudo ao fim de dois meses é ficar nú e indefeso, principalmente diante de quem muito se resguarda; não significa isto que não nos demos, mas isso deve ser gradual e recíproquo, e devemos ficar sempre com uma pequena reserva para nós próprios para termos onde nos agarrar quando as coisas falham.
O anónimo que comentou aí atrás deve conhecer-te bastante bem, decerto melhor que eu, e talvez tivesse ido a essa questão, que é tu mostrares tudo e as pessoas terem receio da rectidão; sabes que hoje, infelizmente, o mundo é dos hipócritas, que mais do que se esconderem através de máscaras, se mascaram daquilo que não são...
Continua a ser tu, até encontrares alguém como tu, e podes crer que nunca estarás sózinho; podes sentir-te só (todos nos sentimos, por vezes), mas há sempre amigos, não necessáriamente amantes, que estão connosco.
A tua frase final é optimista e é o mais importante.

Desculpa o testamento...

Abração.

Paulo disse...

ó rapaz, sem pára-quedas... tb já o fiz. o trambolhão dói que se farta. e, depois, o tempo acaba por ser o melhor remédio! nem sei o que te diga sobre a solidão... que se precisares de alguma coisa, é só dispores!
um grande abraço!

Kapitão Kaus disse...

Olá:)

Estás a atravessar um momento mau.
Sentir-se sem rede é muito penoso, principalmente quando tu acreditaste e confiaste em alguém.
Apenas te posso dizer que estou solidário contigo. E que te apoio, tal como os teus amigos.
Força!
Abraço:)

Rafeiro Perfumado disse...

O teres caído só pode demonstrar que não tiveste medo de arriscar. A verdadeira beleza agora é voltares a erguer-te e sentires-te pronto para voltar a arriscar, uma e outra vez. Um dia as asas serão permanentes, vais ver! Abraço!

mjf disse...

Olá!
Todos nós caímos...mas só alguns sabem levantar-se :=)

Beijocas

ψ Psimento ψ disse...

Pinguim: Muito obrigado pelas tuas palavras, eu sei que dois/três meses é um tempo muito curto para se arriscar e se entregar como eu fiz… Acredita que sou daquelas pessoas sempre com um pé atrás em todas as situações para me poder resguardar mais facilmente, mas aqui foi diferente e muitos factores penderam para que eu me sentisse capaz de dar o tudo por tudo como não tinha feito anteriormente. Mas é assim que se aprende, que se cresce e que se percebe que não podemos mudar as pessoas, vai-me tornar um pouco mais frio e calculista sem duvida!

Paulo: Obrigado :p Sim dói bastante, mas eu estou de ferias, tenho-me conseguido ocupar com outras andanças e lentamente sei que isto me vai passar…

Kapitão kaus: Obrigado, confiar em alguém é sempre um risco…

Rafeiro perfumado: Arriscar desta maneira esta fora de questão para mim, vou seguir a minha vida sim, sem medo de arriscar mas resguardando-me sempre.

Mjf: Eu estou a aprender :)

Beijos e abraços.

Sofia disse...

revi-me tanto nas palavras deixadas pelo anónimo, fiquei assustada ...

quanto a ti, só te posso dizer que tudo aquilo que passaste e passas ao longo da tua vida faz de ti o ser humano que és ...
as coisas más doiem, é verdade, mas fazem-nos crescer, por isso usa todo o ensinamento que podes retirar disso e caminha, sempre em frente, custe o que custar, doa o que doer, ninguém é mais importante que tu e ninguém que faz sofrer merece que se sofra ...

beijinho em tu e lembra-te ... tocando em frente ...

Kapitão Kaus disse...

Estás melhor?

Força!
Tenta analisar as coisas com a cabeça fria e descobrirás uma via para superares todo esse imenso sofrimento!

Abraço:)

Ovinho Estrelado disse...

Meu querido amigo... Que dia para te vir visitar... Apanhei-te aqui e fiquei com uma enorme vontade de repetir uma conversa semelhante à que tivemos, de cara destapada, quando fomos jantar com os bloggers.
Escreveste este post e pude imaginar as tuas expressões, o teu rosto sereno, de sorriso plantado... Mesmo a falar de assuntos graves e sérios...

Apetece-me abraçar-te.

És como eu.

E o anónimo que te escreveu... Quase falou de mim também.

Saio a pensar em tudo.
Saio com vontade de tomar um café contigo. Agora não posso, dado o estado de saúde em que me encontro... Mas mal possa, será contigo que vou tomar um café.

Conta comigo, querido amigo.

Deixo-te calor e amizade por hoje.

Beijinho especial para ti, amigo "lavadinho"...

♥♥♥♥♥

ψ Psimento ψ disse...

Sofia: Olá sofia, obrigado :) Em frente é que é o caminho!! Tudo se resolve :)

Kapitão Kaus: Sim era isso que precisava, tempo para esfriar a cabeça e pensar. Estou muito melhor agora, pronto a prosseguir o meu caminho.

Ovinho: Olá que saudades que eu tinha :) Assim que puderes marcamos. Eu ia gostar mesmo muito!!! Um Beijo grande cheio de amizade! E umas melhoras rápidas amiga! Um Beijo

mik@ disse...

ola psi
olha nem sem bem o que dizer... apanhaste-me de surpresa com este post... tsss, não se faz.
olha cair toda gente cai, mas sei que vais levantar-te e ficar mais forte. vais cair tantas vezes quantas a vida quiser e levantar-te sempre mais uma porque eu sei que és teimoso, lutador e persistente.
também sinto muitas vezes a sensação de estar sozinha e isso às vezes consegue ser uma sensação arrasadora... não te deixes levar, não estás sozinho, tens sempre amigos que te podem dar um abraço e uma palavra amiga quando mais precisares.
eu tou aqui para ti :) um bocadinho longe mas em breve espero ir ai visitar-vos :)
beijinho grandeeeeeeeeeee
=^.^= kido

ψ Psimento ψ disse...

Anda que eu tenho saudades :). Obrigado por estares ai Mik@! Muito obrigado. Um Beijo grande!

paulofski disse...

Na minha juventude vivi momentos de solidão, escondido e consciente de que só me sentia realmente bem assim. Aos poucos fui saindo da minha casca protectora chamada de "timidez" e pouco a pouco alarguei meus horizontes. A busca de um confortante sorriso, de um espelho reflector do "Eu", moldou a minha postura e da insegurança retirei forças. Mas sempre que o desejo procuro sempre uns momentos de solidão, só eu e mais eu.

Abraço.

K disse...

Há quem diga: «mais vale só do que mal acompanhado». Penso que é como tu escreveste, “apenas feitio”. As rosas têm espinhos, logo, estamos sujeitos a sermos picados e a dor resultante, faz-nos reflectir e provavelmente aprender a não cair no mesmo erro.
Bjs.

RbyR disse...

ola...
Compreendo o que sentes, mas nao posso deixar de comentar esse sentimento! Esse sentimento que insinuas ser mentira! Sabes, ou pelo menos devias saber, (dscp se nao permiti que acreditasses em mim) que o meu sentimento é grd, enorme! Psi, és sem duvida das melhores pessoas que jamais conheci. Disseste-me outrora que o que sinto, sinto-o apenas porque nao te conheço. Não me importa, tu tb sentes o que sentes e não me conheces! Não sei se o que o anónimo sente e exprime é a verdade sobre ti, não me importa! O meu sentimento entendo-o como amizade! Ás palavras "Nunca estarás sozinho" te digo: Nunca estarás sózinho! Se algum dia o estiveres é porque queres!
Apareceste do nada, e acredita tornaste a minha vida melhor!Entraste na minha vida e quero que lá continues! Não quero sair da tua! Não quero que me apagues, nem te quero apagar! Simplesmente quero ter-te comigo! Não como um dia pensei querer é verdade. Quero-te como Amigo! Pessoa, "folha da minha àrvore" que mesmo que um dia caia ou desapareça do meu ramo, para sempre estará junto a mim, alimentando as minhas raízes! E sabes que mais, tb quero lá estar alimentando-te!
Magoei-te sim! Mas acredita que acho que fiz o melhor ...o melhor para mim...o melhor para ti e o melhor para nós.
Doeu-me muito o teu post? Sim doeu! Percebo-o, e percebo-o mais pela altura em que o escreveste! Mas nao posso deixar de discordar! Eu estarei cá. Nunca estarás sózinho! Basta não quereres estar. Bastá permitires a minha presença!
Gosto muito de ti! Serás sempre uma parte da minha vida, uma parte do meu coração! Um abraço, espero que fiques por perto!

Gata Verde disse...

Nunca deves desistir. Se essa pessoa te abandonou é porque provavelmente não te merecia.

Mas por favor, não te isoles.

beijos