sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

The Sub-Mariner

Prince Namor McKenzie é o mutante mais antigo da Marvel tendo sido criado em 1939. Contudo, tendo em conta a cronologia fictícia das histórias, existem mutantes que apareceram mais tarde mas que são mais velhos que ele. Mesmo assim, Namor é bastante mais velho do que aparenta, tendo mesmo combatido ao lado do Capitão América na segunda guerra mundial.
Namor é filho de um humano com a rainha de Atlântida e como tal, o actual imperador da mesma. Atlântida e o fundo dos mares são o lar de uma subespécie da humanidade denominada "Homo Mermanus". Fisiologicamente, estes seres são em tudo semelhantes a um ser humano embora tenham uma tez azulada e não consigam respirar fora de água. Sendo um híbrido das duas espécies, Namor tem o melhor dos dois mundos e ainda recebeu o gene mutante por parte do pai o que lhe garante ainda mais capacidades.
Apesar de muitas vezes ter lutado ao lado dos humanos, a sua grande preocupação e lealdade é para com o seu povo de Atlântida. Como tal, já por várias vezes liderou os seus exércitos contra a humanidade quando se viu ameaçado. Namor adopta sempre uma postura desconfiada e agressiva contra qualquer pessoa que habite fora do oceano considerando os Humanos como os principais responsáveis pelos maus tratos para com o planeta Terra e por terem colocado o seu povo à beira da extinção.
Mesmo assim, este imperador e todo o seu povo têm tomado um papel preponderante nos grandes acontecimentos na Terra e frequentemente aliam-se aos super-heróis do planta.
Actualmente, Namor juntou-se oficialmente aos X-Men que agora vivem numa ilha chamada Utopia. Na superfície vivem os X-Men e na base da ilha vive a maior parte da comunidade de Atlântida. Desta forma, Namor pode estar perto de ambos os povos a que pertence e que necessitam da sua ajuda vital.
Um pormenor interessante é o facto dos interesses amorosos de Namor serem habitualmente mulheres loiras, poderosas e habitantes da superfície. Nomeadamente (e entre outras) a Invisible Woman que nunca lhe correspondeu e a Emma Frost que na verdade só se envolveu com ele no passado de forma a manipula-lo. A ver vamos se actualmente ele terá alguma sorte a conquistar a Emma e a arrebata-la dos braços de Cyclops :p
Poderes: Namor foi uma excelente adição para os X-Men pelo seu grande poder e tornando-se numa das mais valiosas ajudas durante as batalhas. As suas origens permitem-lhe respirar tanto fora como dentro de água e dão-lhe controlo absoluto sobre as criaturas marinhas. Além disso, Namor é detentor de uma super-força física que rivaliza com a do Hulk e tem nos seus tornozelos umas pequenas asas que lhe permitem voar. Como se tudo isto não bastasse, ele ainda envelhece a um ritmo muitíssimo mais lento que o de qualquer humano. No entanto, Namor tem uma grande fraqueza. O seu corpo desidrata rapidamente pelo que necessita de estar perto de água. Temperaturas altas ou fogo podem feri-lo gravemente.
Este personagem não aparece em nenhuma das adaptações ao cinema.
Pessoalmente é um personagem que conquistou o meu interesse e admiração. Namor pode ser arrogante, prepotente e ferver em pouca água mas a sua ferocidade conquistou o respeito e admiração tanto dos aliados como dos inimigos. A sua sumptuosidade e falta de humildade podem não lhe garantir muitos amigos mas todos sabem o quão fiel aos seus princípios ele é e o quão importante é manta-lo como aliado no campo de batalha.

4 comentários:

X disse...

Psi,
também tenho começado a gostar cada vez mais do Namor. Mas confesso que no início não gostava nada de o ver ao lado dos X-Men. Acho que falta uma história, no universo mutante, que gire à volta dele... E a propósito de o 1.º mutante, como se costuma dizer "Namor como o 1.º!" ;)
Abraço

Theomentos disse...

Primeiro não se pode deixar de admirar a sua forma física, desculpa lá mor mas ele é um "pedaço de mau caminho". Depois os poderes dele são muito fixes ele pode andar onde quiser, tanto na água quanto na terra e no ar. As asas que ele tem no tornozelo faz lembrar Hermes, da mitologia grega, que diferentemente tinha sandálias com asas.
Outra coisa interessante nisso tudo que colocaste sobre ele é a preocupação com o meio ambiente já em 1939, quando ele responsabiliza os humanos como responsáveis pelos maus tratos com o planeta. Há 73 anos temos falado nisso e feito muito pouco... Será que não ouvimos ou não queremos ouvir?
Muito bom mor gostei muito deste :D

Bongop disse...

Nunca gostei muito do Namor, na generalidade. Mas... tem algumas estórias muito boas, e quando bem introduzido numa equipa funciona bem!
Acho que depende da abordagem do autor...
;)


Abraço

Loot disse...

O Namor está nos X-MEN??????????

ahahah bestial :P