sábado, 24 de janeiro de 2009

Mimic


Calvin Montgomery Rankin é sem duvida um dos X-men mais mediáticos. Primeiro porque não é um mutante. Os seus poderes provêm de uma mistura de fórmulas químicas a que foi sujeito acidentalmente no laboratório do pai, e depois porque teve uma carreira como X–men que durou apenas três comics. Mimic começou na verdade por ser um inimigo dos X-Men originais enfrentando-os em algumas alturas e o Professor Xavier chegou mesmo a ver-se obrigado a apagar-lhe da memória algumas lembranças. Mais tarde voltou a encarar a equipa e a pedir para se juntar á mesma tendo no entanto uma péssima relação com os outros membros devido é sua excessiva arrogância e prepotência. Pouco tempo depois perdeu os poderes no final de uma batalha com um inimigo dos X-Men e abandonou a equipa. Desde então, tem mudado um pouco e aparece por vezes para ajudar outros heróis e outras vezes para prejudicar. Mimic é possivelmente uma das personagens que já mais vezes perdeu os poderes sendo que algum tempo depois os volta a ganhar.
Um Mimic de uma outra dimensão é uma personagem principal dos Exiles e é na verdade bastante diferente do que referi a nível de personalidade e de alguns aspectos das suas habilidades. Mas não vou continuar por este caminho porque tenho que confessar que nos comics as coisas que mais me aborrecem são as histórinhas sobre viagens no tempo, possíveis futuros e saltos entre dimensões e acreditem que há muitas histórias com estes temas como base…

Poderes: Mimic tem a capacidade de copiar permanentemente as habilidade de 5 pessoas com que entre em contacto. Os poderes copiados não têm a força dos originais. Mimic utiliza habitualmente os poderes que copiou dos primeiros 5 X-men há muitos anos atrás. Jean Grey, Cyclops, Beast, Archangel e Iceman.

Este personagem não aparece nos filmes e pessoalmente acho que não fez falta nenhuma. Não acredito que exista muita gente que lhe ache piada é só uma copia mais fraca e desinteressante.

6 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

É o chamado "herói iô-iô", pois tão depressa tem poderes como não!

Abraço!

João e Joana disse...

Parabéns pelo blog.
Gostei.

Abraço

Olá!! disse...

ui ui... às vezes gostava de ter super poderes e voar até aí, dar-te aquele abraço e voltar... Mulher Raio???
Obrigada e beijosss

Theo disse...

Não tenho capacidade pra comentar esse tipo de assunto :P

X disse...

Concordo: detesto viagens no tempo e dimensões paralelas. Mas no caso do Mimic bem que a versão dos Exiles é bem superior à 616. No Exiloverse teve espaço para crescer, coisa que no superlotado 616 não aconteceu.
Abraço

zeh disse...

Só o conheci nos exiles e não sei bem como difere do "original".. De qualquer modo nos exiles a personagem teve alguma evolução e foi ganhando algum interesse.. até que morreu de uma forma muito parva. Ainda assim, faltava-lhe muito para ser uma personagem de 1ª categoria...