sábado, 24 de abril de 2010

Colossus


Piotr Nikolaievitch Rasputin é um mutante originário da Rússia que era um simples agricultor adolescente quando o Professor Xavier o contactou. Ao contrário da maior parte dos mutantes, Piotr era bem tratado na sua cultura e todos respeitavam o humilde trabalhador. Quando foi abordado pelo professor, rapidamente decidiu auxiliar no resgate dos X-Men presos em Krakoa, permanecendo na equipa e partilhando o sonho de ajudar a construir um mundo mais igualitário e sem preconceitos onde mutantes e humanos vivessem em paz.
É um personagem que rapidamente conquistou os leitores. Sempre feroz e determinado em batalha, sendo capaz de intimidar grande parte dos seus inimigos. Contudo, por trás da sua aparência esconde-se uma personalidade bastante tímida, com uma alma e um talento de pintor que Colossus nunca teve oportunidade de expor ao público. O eterno e inocente rapaz da aldeia que apesar do seu bom coração acabou por ter uma das historias mais trágicas…
Os seus pais que viviam numa quinta na Russia, foram assassinados pelo simples facto de terem originado três filhos mutantes, o irmão mais velho acabou por desaparecer numa outra dimensão e a sua pequena irmã morreu vítima de um vírus que afectava mutantes chamado legacy vírus ficando, além disso, com a sua alma inocente aprisionada nos confins do inferno.
O principal relacionamento de Colossus foi com a colega de equipa Kitty Pryde. Não havia como não gostar deste casal, eram simplesmente perfeitos um para o outro e os autores sempre conseguiram transmitir uma grande empatia entre os dois, fazendo-me sorrir quando os os via juntos e eram de longe o meu X-Couple preferido. Contudo, o infortúnio persegue Colossus. Estve aprisionado muito tempo, enquanto os X-Men pensavam que ele tinha morrido até que foi resgatado por Kitty Pryde que o descobriu por acidente durante uma missão e que ficou simplesmente em choque quando o viu. Os dois reataram a sua relação mas recentemente Kitty Pryde teve de se sacrificar para salvar a Terra deixando o jovem mais uma vez sozinho…
Em homenagem a Kitty, o Colossus fez uma tatuagem no peito em forma de coração com o nome dela.

Poderes: Colossus tem a habilidade de transformar todo o seu corpo numa forma de metal extra resistente que lhe confere super força e resistência.

Nas adaptações ao cinema, o personagem aparece no 2º e no 3º filme mas é-lhe atribuído um papel secundário com muito pouco tempo de ecrã. É interpretado pelo actor Daniel Cudmore que correspondeu às minha espectativas embora ache que devia ser mais encorpado.

Pessoalmente, apesar de não ser dos meus X-Men preferidos até gosto do personagem e sentia a sua falta durante os curtos períodos que por diversas razões esteve afastado da equipa.

6 comentários:

Theo.. disse...

Fogo, não gostei, se formavam um casal tão giro pq não puderam ficar juntos?? Não tem como fazer ela ressuscitar? Ao menos isso jah que ele ficou preso tanto tempo :( Acho que foi sorte então ele ter sobrevivido já que os irmãos não tiveram a mesma sorte e os pais foram condenados a algo que supostamente não têm culpa...

Angelo disse...

Muito gostas tu destas coisas!

Rafeiro Perfumado disse...

Curioso como numa BD americana são os russos que revelam maior tolerância para com quem é diferente.

Abraço!

So disse...

Gosto do personagem, gosto dos poderes dele, gosto sobretudo do casal que ele forma(va) com a kitty.
Nos filmes realmente não lhe é dada grande importância, pelo menos não tanta quanto eu gostaria, principalmente se o relacionassem com ela. uma das minhas cenas preferidas com eles é a daquela bd em que eles estão em momentos íntimos e a kitty com o cai no andar de baixo =P demais... engraçado este comentário do rafeiro perfumado, muito curioso realmente, principalmente sendo pessoas do campo, e supostamente menos instruídas que muitas outras.
agora só estas atrasado num post eheh * beijinho

X disse...

No início não ia à bola com ele mas agora acho-o um membro essencial dos X-Men. Admiro a coerência enquanto personagem. A irmã Illyana voltou e está-me a conseguir cativar. Também gosto do relacionamento com a Kitty (que já voltou) e espero que tenham um período de paz para variar. Já merecem.

luciano disse...

a kitty pryde nao morreu surpriendentemente o magneto a salvou