terça-feira, 21 de setembro de 2010

Mestrado

Como cheguei a referir aqui, acabei por decidir tirar o Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde e um dia mais tarde fazer uma especialização em Psicologia da Justiça.
Entretanto as aulas já começaram e já houve diversas coisas que não me agradaram. Primeiro, desde quando é que uma pós-graduação com horários pós-laborais tem aulas a começar as 16h?? Não me parece que haja muita gente a terminar o seu dia de trabalho às 15h para ir ter aulas, mas isto é a minha opinião…
Depois, tinha-me sido dito que o mestrado normalmente só tinha aulas de 3ª a 5ª dando sempre um fim de semana alargado… Até seria verdade se não tivesse também aulas ao SÁBADO!!
Por fim, tivemos uma reunião com o coordenador de curso. Como estou a tirar o mestrado numa faculdade privada, e conceituada na área da psicologia, supus que iria ter mais atenção e disponibilidade por parte dos professores. Afinal enganei-me… Já nos foi dito que na altura de fazer a dissertação temos de escolher um tema que se insira nos temas que os professores estão a trabalhar ou a investigar naquele momento porque eles não vão ter tempo de se embrenhar em outros assuntos… Cheira-me que de preferência devemos fazer uma dissertação que ajude a completar os trabalhos deles mas obviamente sem qualquer referencia nossa no final… Pensei que lhes estávamos a pagar o salário para terem um bocadinho de disponibilidade para nós, afinal não, parece mais que eles nos estão a fazer um favor!!

14 comentários:

paulofski disse...

É caso para dizer que esse teu mestrado vai ser muito privado às regras e horários impostos pela faculdade e pelos tais "conceituados" profes, mas olha que assim até parece que são eles que julgam vos estar a fazer um favor.

Teté disse...

Há coisas que não passam na cabeça de um tinhoso! Horário pós-laboral, a começar às 4 da tarde? Aulas às 3ª, 5ª e SÁBADOS??? E as vossas dissertações não são sobre um tema à vossa escolha, mas sobre o campo de investigação dos vossos mestres??? Para servirem de assistentes não remunerados, fazerem-lhes parte da caminha e eles ficarem com os louros, só pode...

Vivemos num país de chico-espertos e os exemplos vêm logo de quem devia dar o exemplo!

Beijocas!

Mike disse...

Pois...é a chamada publicidade enganosa. Para venderem vale tudo, depois de vendido alteram as condições. Típico. O problema é que se reclamares defendem-se sempre a dizer que na alinea x do ponto y do artigo z, essas alterações estavam previstas.
Em relação ao horário pos laboral começar as 16, também pensava que fosse uma patetice, acontece que é possível (daí eles planearem o horário assim).
Se fizeres horário em jornada contínua, podes sair às 15h; entras à mesma hora e tens uma pausa para almoço de 30 minutos. Informa-te sobre isso, porque é possível, havendo apenas um ou outro ajuste que os serviços fazem de acordo com o regulamento que cada um tem.
Abraço.

Zoninho disse...

ah, e é isso numa privada. até me deu vontade de rir. está a começar bem, não haja dúvida. durante o curso, só tive uma cadeira ao sábado e era um sacrifício... nem quero imaginar no mestrado. enfim, vê lá se começas com o pé direito, sim!

bons estudos!

Anónimo disse...

é verdade que as coisas não estão a correr pelo melhor.... mas está na altura de tentarmos socializar e mudar de atitude pa encarar este mestrado de uma maneira mais positiva! Afinal de contas não é todos os dias que se tem aulas no meio de um descampado, rodeados de trolhas que gostam de aproveitar a sua pausa de trabalho para "lamber a tampa do yogurt" xD

Para te ser sincera, para além das coisas todas que referiste o que me descontenta mais são as pessoinhas... Vai ser divertido para coleccionar gotinhas!


Beijo grande kenga Babay

Theo.. disse...

Cá no Brasil não existe esse horário pós-laboral, só mesmo nas privadas em que as aulas são sexta e sábado o dia todo. E sobre a dissertação passa-se a mesma coisa. Minha professora orienta 3 mestrandas e 1 doutoranda, fazendo a pesquisa com plantas, a profa. deu-lhes uma lista com 40 plantas para elas escolherem uma e estudarem e apresentarem a dissertação, unica diferença é que a dissertação sai mesmo em nome do aluno porém vem o da profa. logo atrás e algumas além de não pagarem propinas, visto que isso não existe cá, ainda ganham uma bolsa de estudos. Enfim morzito espero que as coisas melhorem e que ao menos gostes das aulinhas :D

ψ Psimento ψ disse...

EHEHEH não sei o que seria de mim se não tivesse a minha kenga baby a acompanhar-me nesta luta selvagem que será este mestrado!!

Theo.. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Theo.. disse...

Nélia porca!!! Eu lambo a tampa do yogurte ta!!!!!!!!!!!

Speedy disse...

Ouch, um Mestrado. Não sei se teria a coragem. bastou-me a pós-graduação que foi... um suplicio. Por ser pós-laboral e os professores uns idiotas. bendito dinheirinho

Angelo disse...

G'anda lata!

Bem, boa sorte!

Anónimo disse...

obrigada pela sua simpatia king:) tb não não sei o que seria de mim, sem ti nas aulinhas!

Pode ser que nos custe no inicio e depois até tenhamos uma surpresa agradável com o mestrado:) Sonhar não custa! beijo***

Kenga baby***

X disse...

Também vou começar um mestrado em Outubro e também é uma privada. Já estou a ficar assustado... Ainda não saíram os horários mas penso que as aulas sejam só na sexta à noite e no sábado. A ver vamos. Estou ansioso!

dois coelhos disse...

Bem, pode ser que isso seja só o início. Por vezes as primeiras percepções nem sempre correspondem ao real.
Mas realmente "obrigarem-vos" a desenvolver um trabalho numa área da qual já esta a ser explorada pelos vossos professores não me parece que seja o mais correcto por parte dessa instituição, mas pronto.
De qualquer das formas desejamos-te a maior sorte para o teu mestrado e para essa nova "aventura"... ;-)
Abraços