segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Chaves


(Foto tirada da Net)
Estou de volta, depois de uns dias extremamente atribulados em Chaves com as Kengas, tal como fizemos no ano passado. Pensei que ia poder relaxar com dias longos na piscina mas não foi bem assim. Logo no primeiro dia apareceu-me um problema urgente e apesar dos meus 1000 telefonemas para o serviço em questão, toda a gente dizia que não podia fazer nada a não ser que fosse pessoalmente ao local. Como tal, no dia seguinte voltei para o Porto e o que é que eu tinha de fazer no local??? Escrever uma carta!!! Fiquei logo $#$%$%!!! Para escrever uma carta não era preciso ter ido ao Porto!! Que eu saiba nos dias que correm existe correio azul, telegramas, e-mail ou mesmo pombos correios… Não era preciso estar a fazer 300Km para ir escrever uma carta À MÃO!!!!

Nos dias restantes apesar de várias outras peripécias, aproveitei de facto para apanhar sol, para estar na parvoíce com as Kengas e para me dedicar às minhas leituras de Bds. Neste campo tomei uma decisão… Não vou ler mais "The Amazing Spider-Man". Era das minhas Bds preferidas mas o editor chefe da Marvel, Joe Quesada, decidiu ir contra a vontade de todos os fãs para satisfazer o seu capricho de ver um Spider-man idêntico ao que lia na sua juventude. Assim, durante a saga "One More Day", surgiu um demónio que anulou magicamente o casamento de Peter Parker e de Mary Jane anulando décadas de história dos personagens e fazendo com que estes esquecessem tudo que viveram juntos... Nem a revolta dos fãs levou Joe a remediar a situação e uma Bd interessante que misturava aspectos fictícios próprios de super heróis com relações humanas tão normais tornou-se de repente muito enfadonha. Juro que é tortura ler aquilo de tão básico que se tornou… Surge um super vilão, o Spider-Man dá-lhe uma tareia e venha o próximo… Acho que o Joe devia entender que as coisas mudaram desde a sua infância. O personagem também mudou, cresceu e acompanhou os tempos, jamais terá alguma lógica faze-lo regressar a estádios anteriores. De minha parte, eu ainda tentei manter a leitura, mas depois de mais de 70 números que me custaram a ler, vou desistir. Leio para me divertir e o Amazing Spider-Man de agora já não o faz… Tenho pena e espero que um dia as coisas mudem.

Mas voltando a Chaves, comemos como lontras, não fizemos nenhum e tenho algumas considerações a fazer relativamente à cidade. Devo dizer que é difícil encontrar o que se procura em Chaves, que as pessoas, no geral, não primam pela simpatia e que têm algumas palavras interessantes no vocabulário. Gostei, por exemplo, de saber que em Chaves quando se quer dizer “faíscas” diz-se “Tchoinas”

De resto, foram momentos bem passados como sempre e surpresa das surpresas, depois do Theo dar uma actualização na Dna. Carminda, ela até se portou bem!!!!

11 comentários:

Cirisley Steinberg disse...

Olha não gostei de ONE MORE DAY, muito confuso, e estranho, sem nexo, este demônio nem fazia parte dos enredos de homema aranha.

E já lhe acompanhava sempre vinha ver suas fotografias de viagens, a ultima tinha sido na Holanda com suas amigas.

Mas a parte da união foi nova, das dificuldades, da aventura com o carro com problemas, rs. Do niver e a reaçao da sua familia ao seu namorado, foi interessante.

Cara e o gosto do Daken ele tem muito Logan mesmo, totalmente animal e analítico, sua sede por sangue e vingaça é quase insaciavel, sem falar que ele é muito inteligente.

Mas é isso, torço pra ti, bola pra frente.E tambem gostaria q eles concertassem a bagunça q fizeram na vida do Aranha

X disse...

Depois da "anulação" do casamento também nunca mais fui capaz e pegar no Amazing Spider-man. Sei que agora vão voltar a focar o assunto do casamento e se "anularem a anulação" sou capaz de lhe pegar para ver como está a "coisa".

Angelo disse...

Mas um dia destes pego em mim e vou passear por essa zona! Não conheço Trás dos Montes!!!

Theo.. disse...

Se as pessoas de Chaves são antipáticas então não quero ir lah :P Mas fico feliz por terem se divertido :D
Sobre o Spider-Man não posso falar muito pq não leio mas pelo que contaste esse Sr. quer mesmo acabar com essa BD, infelizmente o egocentrismo de certas pessoas afecta milhares de outros... Mas continuemos nossas vidas.
AMO-TE MAIS QUE TUDO :D

Speedy disse...

Então, como ficaria numa frase? Eu e o meu namorado quando nos juntamos até damos tchoina?

ψ Psimento ψ disse...

Isso depende Speedy como eu e o Theo estamos 5 meses separados de cada vez, quando nos juntamos dá uma "granda Tchoina"!!

So disse...

looool portou bem como quem diz, aquele caminho pra piscina nao lembra ao diabo, principalmente depois de dscubrirmos k era smpre em frent lool
mas realmente as pessoas nao sao simpaticas, e a rsposta pra tudo eh "em chaves, não há", a zona e as redondezas primam também por vários tipos de bairro pra todos os gostos... realmente n tivemos mta sorte nos primeiros dias mas acho que o facto de estarmos todos juntos e tentarmos a todo o custo remar contra a mare de azar fez com que fossem uns dias bem passados, com pouco dinheirinho gasto(graças ao primo jorge) e boas gargalhadas... concelho para quem quizer visitar Valpaços em dia de festa, vá mt mal disposto de forma a integrar-se na comunidade, e principalmente deixe as palmas em casa, não sao bem acolhidas =P
quanto ao spider man, acho que realmente n faz sentido nenhum essa historinha do senhor, se os personagens seguem um curso lógico de vida, como as pessoas, n faz sentido nenhum voltarem para traz, ate pk ele ainda por cima actua sozinho, acabam por ser todas semelhantes, como tu dizes, eh so derrotar o mauzinho que lhe aparece ah frent... tenho pena pk nas bds curiosamente acho.o mt mais engraçado que nos filmes, e eh um dos que tem mais piada ler, apesar de eu só o fazer nos avengers e por ai, mesmo assim acho que merecia uma historia melhor do que isso, que não passa de um capricho de um senhor com dinheiro... não serás o único, e pode ser que o juízo lhe chegue ah cabeça, ou então o mandem embora...

Rafeiro Perfumado disse...

Na volta a D. Carminda para se portar bem também precisava que lhe escrevessem uma carta à mão! ;)

Abraço!

Teté disse...

A burocracia portuguesa é de tirar do sério qualquer um: ir ao Porto para escrever uma carta à MÃO?!? Parece que regredimos 30 anos... :p

Quanto à BD só conheço a dos primórdios, em que o Spider-man ainda era solteiro e bom rapaz! Mas acho que voltar atrás na história, como se o seguimento não tivesse existido, não faz sentido...

Gostei de Chaves quando lá estive, como cidade, mas não tive tempo de perceber da simpatia ou antipatia das pessoas, muito menos do "dialecto" local... :)))

Beijocas!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Nao sei porque me fui lembrar disto ao ler o teu post, mas ha duas series na televisao que passam na SIC Raadical e que gosto. São "How Not to live a life" e o John Donmore ou algo assim, bem como a Mad Tv.

Um abraço grande... pombos correios? pois talvez ainda devessem existir :)

abraço

dois coelhos disse...

Realmente há pessoas que vivem mesmo há dois séculos atrás (ou mais, uma vez que os correios foram criados em 1520). 300km por causa de uma carta manuscrita é de dar um estalo a alguém! (desta vez não à D. Carminda, que levou um estalo do Theo e lá se orientou!).