sábado, 9 de abril de 2011

Hepzibah

Hepzibah não é uma mutante. É uma alienígena cujo planeta natal havia sido conquistado por uma outra raça de alienígenas chamada Shi’ar. Foi como prisioneira dos Shi’ar que Hepzibah conheceu Corsair, o pai dos três irmão Summers (Cyclops, Havok e Vulcan), que também havia sido raptado da Terra para trabalhar como escravo e que se tornou o seu namorado de longos anos. Juntamente com um pequeno grupo de prisioneiros, Corsair e Hepzibah fugiram dos seus raptores roubando uma nave espacial e criaram uma equipa de piratas espaciais intitulada Starjammers para combater os seus antigos opressores. Muitos anos mais tarde, os X-Men viram-se envolvidos numa batalha contra os Shi’ar e tiveram oportunidade de se aliarem aos Starjammers tendo Corsair reencontrado os dois filhos mais velhos após muitos anos. Depois de derrotarem os tiranos, Lilandra, a verdadeira Imperatriz Shi’ar regressou ao poder promovendo a paz do Universo.

Quando Corsair foi raptado, a sua mulher estava grávida e o bebé foi arrancado do seu ventre e criado em máquina estimuladora de crescimento vindo a tornar-se num dos mutantes mais poderosos de sempre, Vulcan. Como tal, quando a sua força estava no auge, Vulcan confrontou o império Shi’ar com todo o seu poder com consequências devastadoras e terminando a época de paz que já durava há alguns anos, usurpando o trono de Lilandra e tornando-se o pior tirano de sempre. Mais uma vez os X-Men aliaram-se aos Starjammers para combaterem a ameaça em comum o que teve grandes consequências que incluíram a morte de Corsair, assassinado por Vulcan, o próprio filho. Profundamente derrotados e no meio da batalha alguns X-Men escaparam de volta para a Terra juntamente com Hepzibah enquanto outros permaneceram no espaço com os Starjammers para continuarem a batalha contra Vulcan.

Na terra, Hepzibah permaneceu com os X-Men auxiliando-os em batalhas que na verdade não eram suas uma vez quem nem é uma mutante. A sua adaptação aos costumes terrestre foi difícil pois Hepzibah não estava habituada às nossas tecnologias tão primitivas. Durante este tempo e após o luto por Corsair, Hepzibah e Warpath acabaram por se atrair e iniciaram uma relação que terminou por desmoronar quando obrigações distintas os afastaram…

Recentemente, uma instituição denominada S.W.O.R.D., convencida que todos os alienígenas a viver na Terra eram uma ameaça, capturou-os a todos para serem deportados independentemente de viveram pacificamente. Felizmente Beast e a sua namorada, a agente Abigail Brand, juntamente com o Lockheed conseguiram libertar todos os que haviam sido capturados incluindo Hepzibah.
Poderes: Como membro da espécie alienígena dos Mephitisoid, Hepzibah tem uma aparência intermediaria entre os humanos e algo semelhante aos gatos. Como tal, possui uma agilidade extrema, capacidade acrobáticas, garras retracteis, visão nocturna e ainda uma capacidade de emitir hormonas que alteram o estado de humor dos que a rodeiam à sua vontade.
Esta personagem não aparece em nenhuma das adaptações ao cinema. Pessoalmente gosto da personagem, tem uma aparência e uma personalidade feroz, determinada e interessante. Infelizmente não tem muito protagonismo possivelmente devido ao facto de na verdade não ser uma mutante, como os seus restantes actuais colegas de equipa.

3 comentários:

X disse...

Também gosto da Madame Hepzibah. Apesar de ser uma mulher gato foi inspirada numa doninha (esta: http://en.wikipedia.org/wiki/Miz_Mam%27selle_Hepzibah).
É mais uma das personagens mal aproveitadas. Tive pena de não tivesse aparecido no comic X-Force, como me parecia ser a ideia inicial. Vamos ver o que o futuro lhe reserva...

Theomentos disse...

Parece interessante e como tu mesmo disseste sem muito protagonismo infelizmente já que tem uma história tão rica. Aposto que tmb gostas dela pela aparência felina lol. Uma pergunta: Depois de descreveres essas batalhas tão sangrentas pelo universo alguns voltaram para a Terra, inclusive ela. A Terra é um lugar neutro no meio dessas batalhas todas?

ψ Psimento ψ disse...

X: Por acaso eu já tinha lido sobre isso que me contaste. E lembro-me bem das primeiras vezes que ela aparecia, de facto era muito mais semelhante a uma doninha com a sua longa cauda. Mas gosto mais da sua aparência actual para dizer a verdade. Cheira-me que o futuro não lhe reservará grande coisa. Tem andado meio sumida ultimamente.

Theo: Na verdade a Terra nunca fica neutra em batalha nenhum eheheh. Mas neste caso o Vulcan já cá esteve e como foi derrotado não devia ter interesse em voltar.