terça-feira, 15 de junho de 2010

Magneto


Max Eisenhardt é também conhecido pelos seus nomes falsos, Magnus e Erik Lehnsherr. Nascido numa família de Judeus, Max foi uma das muitas vítimas da Segunda Guerra Mundial sendo que quando ainda era muito novo viu os seus pais e a sua irmã serem executados num campo de concentração. Mais tarde, em Auschwitz, conheceu Magda, a sua futura esposa. Os poderes de Magneto manifestaram-se pela primeira vez já tardiamente, quando a sua pequena filha foi queimada viva por uma multidão em fúria. Descontrolado pela angústia, o jovem mutante matou toda a multidão. Assustada com os poderes do marido, Magda fugiu, grávida de gémeos morrendo a quando do nascimento dos mesmos sem que Max a voltasse a encontrar.
Durante a sua longa jornada, em Israel, conheceu aquele que viria a tornar-se o seu melhor amigo mas também o seu maior inimigo, o Professor Xavier. Os dois descobriram os poderes um do outro e rapidamente começaram a pensar em formas de beneficiar a raça mutante que aos poucos continuava a emergir. Este acabou no entanto, pouco depois, por ser o motivo de ruptura. Xavier acreditava num mundo onde mutantes e humanos vivessem em paz. Magneto, por seu lado, depois do que vira nos campos de concentração, achava que a humanidade iria tentar dizimar os mutantes e que estes deviam atacar primeiro se queriam prevalecer. De certa forma, Magneto tinha a sua razão pois não tardou muito para a população mutante ser alvo de todos os tipos de discriminação levando mesmo à morte de centenas de mutantes.
Ao longo dos anos, tal como Xavier, também Magneto criou a sua equipa de mutantes a que chamou “The Brotherhood” e que combateu dezenas de vezes contra os X-Men. Dois integrantes da Brotherhood eram os seus próprios filhos Quicksilver e Scarlet Witch embora, no início, ninguém soubesse. Quando a verdade foi revelada, os dois abandonaram o pai alegando que ele estava a tornar-se tão cruel como aqueles que tinham sido responsáveis pela morte da sua família, vindo ambos a integrar na equipa de super heróis chamada Avengers. Mantiveram no entanto sempre, o seu estatuto de personagens “problemáticos”.
Aos poucos, e com o nascimento dos seus netos, Magneto começou a abandonar o seu caminho e tentou reaproximar-se da família alegando que se havia tornado um homem diferente e chegando a ocupar a posição de líder dos X-Men durante uma ausência prolongada de Xavier. Contudo, esta situação não durou muito e com a morte de um dos seus alunos dos New Mutants, Magneto voltou às suas origens vindo a descobrir que também a X-Men Polaris era sua filha, embora de uma mãe diferente da dos gémeos. Muitas tramas, conflitos e batalhas se realizaram novamente até ao dia que os poderes da Scarlet Witch, erradicaram 99% dos mutantes da Terra tornando-os simples humanos. Max foi um dos afectados e durante muito tempo manteve-se afastado tentando arranjar forma de recuperar os seus poderes o que conseguiu, recentemente, ao submeter-se a um perigosíssimo procedimento tecnológico com a ajuda de um outro inimigo dos X-Men.
Actualmente, juntou-se ao X-Men uma vez que estes constituem a maior percentagem de mutantes que ainda existe na Terra e como tal são os únicos que ainda há a defender.

Poderes: Magneto tem total controlo das forças magnéticas o que lhe permite manipular objectos metálicos, voar, criar escudos protectores, manipular os campos magnéticos da Terra e a polaridade entre outras possibilidades. O seu capacete, além de ser o último grito da moda, também o torna imune contra poderes psíquicos como os do Xavier.

Nas adaptações ao cinema, aparece nos três filmes, protagonizado pelo excelentíssimo Ian McKellen que já abordei aqui. Para mim foi aquele que melhor interpretou o seu papel e que estava mais fiável ao personagem das Bds. Desde o guarda-roupa, ao discurso, ao movimento, aos poderes, tudo me pareceu tal e qual como eu imaginava. Muito próximo do perfeito embora o actor não tenha, obviamente, a constituição física do personagem. É com muita pena minha e de muitos fãs que soubemos que o filme sobre o Magneto de que se falou, já não se vai realizar.

Pessoalmente, pode não ser dos meus X-Men preferidos, mas é sem dúvida dos melhores Vilões alguma vez criados. Poderes interessantes, história lógica e complexa, um personagem sólido e extremamente bem construído em todas as suas dimensões.

6 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

É um dos meus vilões preferidos, sem dúvida, ainda por cima com um poder que daria um jeito do caraças, nem que não fosse para adiantar os ponteiros do relógio aqui do trabalho!

Abraço!

Theo.. disse...

Sem dúvida deve ter sido um post realmente complexo de se montar. O personagem é deveras complexo e maligno, apesar de ter alguns momentos no lado dos mocinhos ele não me parece mesmo muito voltado para isso, essa foto que postaste do Ian McKellen é mesmo aquilo que ele me transmite, consegue transmitir uma malignidade. Sobre os poderes eu acho-os muito fixe, também não me importava de tê-los, ainda mais voar :D Ele é dado a uma farra com as mulheres :P pra ter tantos filhos e pelo que vi tem mãe desconhecida. Resumindo eu teria muito medo se o encontrasse.

So disse...

Sim ele eh o vilão... mas eu gosto dele... tem o seu charme e acho que eh na realidade das personagens mais completas dos x-men. tenho mesmo imensa pena que o filme nao se va realizar, acredito que bem feito ia ser o meu preferido. adoro o actor e tambem acho que ele encarnou o magneto mesmo muito bem. (como faz com todos alias). engraçado como apesar de ser o vilão nao considero o magneto um mauzao pk ele luta simplesmente por aquilo que acredita, e não pelo simples prazer de lutar. gosto dele e acho imensa piada ah relação que ele tem com o xavier.

X disse...

É sem dúvida um dos melhores vilões criados. Ele é tão bom que nem sei se cai na categoria dos vilões. É algo ali no meio porque o seu fim é nobre (defender uma raça oprimida) os meios que usa para atingir esse fim é que são condenáveis...
Mas adoro-o. Acho que é ele que torna o Xavier interessante. São dois lados da mesma moeda.
Gostava que alguém explicasse como é que a Polaris é sua filha porque é uma história que já se arrasta há anos e parece-me que já deveria ter sido resolvida.
Quantos filmes dos X-Men também achei o Sir Ian memorável. E tenho pena que o filme do Magneto não saia mas sinceramente não me surpreende. Infelizmente filmes de super-heróis (ou vilões) com mias de 20 ou 30 anos não devem ser muito rentáveis...
Magneto e Rogue Forever!
;)

Leandro de Souza Santos disse...

Magneto é, sem dúvida, um dos personagens mais sombrios e enigmáticos dox X-MEN. Ele é um dos meus preferidos justamente por ser um vilão determinado e poderoso que nuncs desiste de conseguir os seus objetivos, principalmente o de destruir os humanos e povoar a terra somente por mutantes. Magneto é na minha opnião o personagem mais complexo e estudado da série. Ele não mede limites para conseguir os seus objetivos. Magneto rules!

ψ Psimento ψ disse...

Concordo plenamente embora ele agora nas bds desde que se juntou aos X-Men, ficou muito mais calmo. Abraços