segunda-feira, 4 de outubro de 2010

The Book of Daniel

Vi esta série há uns dias e muito rapidamente e fiquei fã. Apesar de só ter 8 episódios e apesar de eu ser agnóstico, os personagens cativaram-me imenso. Bons momentos de comédia inteligente, bons momentos dramáticos e excelentes actores.
A trama rodava à volta de Daniel, um padre episcopal e da sua mulher e dos seus três filhos:

Grace: Uma adolescente de 16 anos com uma paixão enorme por animação japonesa e com grande potencial e originalidade nesta área. O primeiro episódio começa com ela a ser presa por posse e venda de drogas leves.

Adam: Um jovem chinês de 17 anos que foi adoptado pelo casal quando era pequeno e tem uma libido um pouco descontrolada no que tocava a raparigas bonitas eheheh.

Peter: Um rapaz gay de 23 anos perfeitamente assumido perante a sua família que por sua vez lhe dava apoio incondicional. Peter tinha um irmão gémeo que falecera com leucemia dois anos antes do início da série.

A série aborda vários assuntos controversos e estava a tornar-se verdadeiramente interessante. Contudo, recebeu várias críticas por parte de conservadores e fanáticos religiosos, o canal emissor recebeu várias ameaças e como consequência a série foi cancelada ficando 4 episódios por ser emitidos mas que foram disponibilizados ao público na net.

E a série foi cancelada porque??

1 – Uma das personagens da série era o próprio Jesus Cristo com quem Daniel tinha grandes conversas introspectivas e que seria muito provavelmente um fruto da sua imaginação. Contudo os críticos consideravam insultante existir uma personagem que fosse Jesus Cristo…

2 – Tanto Jesus como o Padre Daniel não tinham nada contra a diversidade das orientações sexuais e aceitavam Peter com a maior das naturalidades. Na opinião do povinho se calhar Jesus e a igreja deviam excomungar o rapaz, não sei… Confesso que às vezes por muito que estude psicologia continuo sem compreender o comportamento de alguns seres humanos mais limitados sendo que alguns desses espécimes habitam cá o casebre.

Bem deixo um trailer do episodio 7 quando Peter foi atacado por um gang de homofóbicos quando o seu irmão vinha na rua a brincar com o facto de ele ser gay. Claro que foi um episódio que me atingiu mais pessoalmente.

8 comentários:

dois coelhos disse...

Não conheço a serie, mas parece ser interessante.
Sabes onde passava a serie?
Abraço

Theo.. disse...

Quando me disseste que tavas a ver e que eram só 8 episódios achei que não era muito boa, mas pelo trailer parece ser mesmo fixe, mas sabes que não posso ver dessas coisas pq me derreto a chorar. Quem é o outro senhor que aparece no fim? e a sra? Sobre as pessoinhas que cancelaram a série... as vezes digo deixa lah elas mas se deixarmos elas sempre continuarão a fazer dessas, era preciso podermos gritar tão alto quanto elas...

pinguim disse...

Vou ver se consigo encontrar a série.
Obrigado pela partilha.

ψ Psimento ψ disse...

dois coelhos: Não sei... :s

ψ Psimento ψ disse...

Descobri, era no NBC

dois coelhos disse...

humm, ok.
Tenho que ver se consigo arranjar!

dois coelhos disse...

Se fosse no Showtime ou no HBO não cancelavam!

So disse...

estou a adorar a serie, ainda n acabei de ver e ja tenho pena de serem so 8 episodios.. como sabes devo ser das pessoas mais criticas em relaxao ah igreja, mas a serie esta realmente a cativar.me
acho que as razoes para terem cancelado a serie vao mais longe que isso.. alem da sexualidade ser um dos temas livremente descutidos, a personagem do jesus eh super sarcastica, a maneira como comunicam, acho que deve ter chocado todos aqueles fanaticos. tenho pena k nao tenham feito frente a isso... podia ter sido uma serie de mt sucesso e secalhar mt proveitosa para algumas mentes.