quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Adeus Pipsqueack


Estamos de volta ao Porto, as férias foram fantásticas e a seu tempo irei postar fotos das nossas aventuras por Portugal fora…
No regresso, estávamos um pouco tristes pelo nosso tempo juntos estar a terminar… Como se não bastasse, ainda recebi uma sms da minha mãe a dizer que a Pipsqueack nos tinha abandonado…

Sei que a média de vida dos coelhos é de três anos, que se completaria no próximo mês, mas ela era tão saltitona tão irrequieta que nunca esperei que estive próxima de morrer. Ainda para mais assim, de um momento para o outro.

Não fui capaz de a meter num saco e enfiar no lixo, por isso, eu e o Theo fomos atrás de minha casa, um lugar a que chamei Campos dos Coelhos, porque, quem por lá passar depois das 2/3 da manha verá dezenas de coelhos selvagens a saltitar, e enterramo-la ai.
Espero que tenha sido feliz cá em casa e sei que deixará saudades principalmente para a Aryen que perdeu a sua companheira de brincadeiras e de dormida.

10 comentários:

Theo.. disse...

Esse tempo eh mesmo difícil, sempre com um nó na garganta, e ainda mais uma perda, tinha muita simpatia pela Pipsqueack :) Mesmo não morrendo de amores pelos gatos fiquei com pena da Aryen que ficou lah sozinha a miar :( Agora eh respirar fundo, dormir até o fundo da cama e depois começar outra vez a contar os dias para estarmos juntos... AMO-TE MTMTMTMTMTMMTMTMTMT e sei que tu tas sempre aí por mim.

pinguim disse...

Sofre-se sempre com a perda dos nossos animais de estimação.
Ainda há dias contavas a estima entre ela e a gata.
Abraços.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

A Pipsqueack não pode ser substituída, claro, mas sempre têm a Aryen, apesar de ela ter ficado sem amiga :( Achei bonita a ideia de Campo dos Coelhos e de terem feito a vossa última homenagem lá.

Folgo também em saber que estão regressados e que foi bom! E que, apesar de estarem a gastar os últimos cartuchos, como diria Richard Bach em "Não Ha Longe Nem Distância", se queres estar junto de alguém que amas, nao te parece que estarás já lá?

Um abraço aos dois e aguardo a partilha que me diz sempre tanto na fria web, das fotos.

paulofski disse...

Vocês de regresso de férias e eu pretes a começao as minhas.

A experiência de ter um coelho como animal de estimação, em casa dos meus pais, não correu lá muito bem. O bicho era tudo menos pacifico e a cadela não ficou com saudades nenhumas dele.

Se7e disse...

de certeza que foi feliz.... com tanto carinho que recebeu :)

abc

Diabba disse...

]:-(

É uma dor imensa perder um amigo, e quem vive na nossa casa é amigo, filho, irmão.

Eu costumo dizer que tenho duas filhas, uma delas tem 4 patas.

beijos d'enxofre para os dois

Nota: Já vos disse que vocês são lindos?

dois coelhos disse...

Lamentamos a morte da Pipsqueack. Um de nós também quer ter um coelho como pet (o outro é mais dog person), pode ser que um dia tenhamos uma foto assim como essa ultima.

Então e as novidades da volta a Portugal?

Zoninho disse...

oh, que perda!

não me passava pela cabeça que o bicho coelho tivesse uma esperança de vida tão curta. lamento! até porque as fotos com os bichos estão lindas!


abraços

Teté disse...

A perda de um animal de estimação deixa sempre uma enorme saudade em nós, como se perdêssemos um amigo ou alguém da família!

Pena essa mágoa numas férias que parecem ter sido tão agradáveis!

Beijinhos!

X disse...

É sempre complicado perder um animal de estimação. Mesmo quando achamos que estamos preparados é complicado. Tive um rato branco, o Martin, e sabia que vivia pouco tempo (1 ano e meio) e mesmo assim fiquei triste com a partida dele.
Mas se quiseres um Y para fazer companhia a Arien avisa que se pode "encomendar" outra ninhada.
Abraço