quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Coimbra - Sintra

Depois da Figueira da Foz, partimos em direcção a Coimbra. Mais uma vez a Dona Carminda brindou-nos com esta estrada…

Devo dizer que esta via deve ter sido construída na altura do domínio romano e nunca mais ninguém lhe mexeu!! O meu carro mal cabia lá e nem quero pensar se entretanto viesse outro de frente. De lembrar que de ambos os lados tínhamos um declive de quase um metro até aos campos… Não haveria Jesus que nos tirasse dali se caíssemos… Mas tudo correu bem e depois de aproximadamente 25 minutos por caminhos duvidosos e tortuosos, lá chegamos de novo à civilização.
Em Coimbra mais uma vez perdemo-nos e a Dona Carminda teimava em mandar-nos para vias sem saída. Com a ajuda da população local, lá chegamos onde queríamos, a Quinta das Lágrimas. O Theo ficou um bocado desiludido porque no lugar das Fontes maravilhosas que esperava ver, encontrou uns charquinhos e uns carreiros de água. Tirando as fontes, temos de admitir que o local tem uma vegetação admirável. Esta arvore devia ser a maior que já vi…
Fonta das Lágrimas
Fonte dos Amores

Depois partimos mais descansadamente para Oeiras onde ainda fizemos um pouco de praia, tendo a possibilidade de dar uma olhada no Mosteiro da Batalha durante a viagem.

À noite, para não variar, perdemo-nos de novo a caminho de um jantar com o Rafeiro Perfumado, a Gata Verde, a Diabba e o seu Diabbo Marido. Jantamos e conversamos imenso num restaurante muito agradável e desde já agradeço o convite e as dicas que nos deram sobre Sintra e os seus doces. Escusado será dizer que no dia seguinte nos fartamos de devorar queijadinhas, travesseiros da piriquita, entre outros. Mais tarde, a Diabba acompanhou-nos até Oeiras para provarmos um delicioso Cheesecake de frutos silvestres onde conversámos até tarde sobre os mais diversos assuntos e todos muito interessantes!!
No dia seguinte “de manha” fomos de novo a Sintra visitar o Palácio Nacional de Sintra e a interessantíssima Quinta da Regaleira. Já conhecia o local mas, mais uma vez fiquei impressionado pelos seus jardins, grutas e torres…
O Theo também adorou apesar de termos ficado bastante cansados com o passeio. Foi pena não termos tido tempo de conhecer o Palácio da Pena e o Castelo dos Mouros, mas fica para a próxima.
Sintra
Câmera Municipal de Sintra
Quinta da Regaleira

13 comentários:

Angelo disse...

Que giro! E eu fui à Regaleira pela primeira vez este fim de semana! :)

Speedy disse...

que belos recantos. tenho de reservar um fim de semana

Theo.. disse...

EEEEE foi mesmo giro,adorei a estradinha romana, mesmo com o perigo achei muito fixe. Sobre as fontes nem comento, realmente achei que seria uma coisa diferente, é o que dá ter uma coisa em mente sem ter muito conhecimento sobre o assunto. O jantar com os blogueiros foi também muito interessante adorei conhecê-los. Achei Sintra muito bonita sem falar nos doces, que são mesmo uma perdição. Para o ano volto lah pra conhecer o que faltou. Toda essa viagem não podia ser melhor jah que estava com meu morzito :D

Mike disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mike disse...

E continua... o passeio muito bom.
Para a próxima sem GPS. :-)
As fotos de Sintra estão muito porreiras e a Quinta da Regaleria é um sitio onde estou a querer ir há muito.
Só estragaste o post numa parte: falaste nos belíssimos doces de Sintra. Esqueci tudo o resto. :-)
Abraço.

Rafeiro Perfumado disse...

Sintra tem mais esse encanto: por muitas vezes que a visitemos fica sempre algo por conhecer!

Abraço e também gostei muito do jantar e da conversa!

Marco disse...

Que bem que estás na foto em Sintra!
Sabes que Sintra é a vila onde nasci e por isso tenho um carinho especial! Nasci mesmo ali ao lado do Palácio da Vila

Daniel Silva (Lobinho) disse...

As fotos estao simplesmente soberbas...

Luís disse...

Estou a seguir a viagem de vós os 3 (se a Dona Carminda - que tantas vezes é referida - também contar). O importante é que estejam juntos, ou que se percam juntos, e que nos mostrem essas coisas que não têm nada de novo, mas que nos parecem verdadeiras novidades, pela forma como são descritas. :-)

pinguim disse...

Essa D.Carminda é abominável.
Eu prefiro, em caso de dúvidas, ir perguntando às Carmindas e Carmindos.

dois coelhos disse...

Ao contrário do Pinguim, nós achamos essa D. Carminda adorável, será que ela bebe chá e come bolachinhas enquanto não está no seu call-center em Lisboa a ver-vos pelo satélite e a pensar "Para onde é que eu vou mandar aqueles dois?". Hehehe, o nosso GPS também nos prega muitas partidas, de tal forma que o P já cortou relações com ele.
As fotos estão espectaculares, o poço iniciático da Regaleira é fantástico.
O Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena também é giro, mas o P tem algum receio, desde que fomos para lá fazer umas explorações nocturnas... (se algum dia forem para lá a meio da noite, cuidado com os coelhos que se atravessam pela estrada, podemos ser nós!).

X disse...

Sintra é linda! E a Regaleira é de um misticismo palpável!

Zoninho disse...

já percebi, os meninos não deram as ordens correctas à dona Carminda... é que só pode!
ah, também tive cá uma desilusão quando fomos à fonte das lágrimas...
além dos travesseiros, Sintra é fabulosa, não é? só a Quinta da Regaleira (e Monserrate) valem pela visita.

mais abraços